5 dicas de alto rendimento para profissionais autônomos
usuario

Publicado por Jota

5 dicas de alto rendimento para profissionais autônomos


O artigo de hoje visa ajudar você, profissional que depende da sua própria força de trabalho para colher resultados e gerar alto rendimento em sua atuação. Separei 5 dicas de alto rendimento para profissionais autônomos que julgo serem vitais para o seu sucesso!

Entenda quem é seu cliente, onde ele está e o que ele quer/precisa

Existe algo mais importante que vender um serviço ou produto que você ache legal.  Você deve oferecer algo que seu cliente ideal verdadeiramente queira ou precise consumir. Entenda quem ele é, predominância de gênero, idade, faixa social, suas dores e necessidades. Só após isso você conseguirá se comunicar de forma eficaz com esse possível cliente.

Um grande amigo meu disse uma vez que:

Ganhar dinheiro se resume a resolver o problema de alguém. Quanto melhor você resolve e de quantas pessoas mais você resolve, mais dinheiro você faz.

Aplicando o mapa de empatia, ferramenta valiosa que utilizo em meus processos de Coaching, fica improvável discordar dessa afirmação.

Aprenda a gerar valor agregado

É vital que você entenda bem a primeira dica de alto rendimento para profissionais autônomos para aplicar esta daqui. Gerar valor agregado é aplicar um diferencial na sua atuação profissional. É fazer algo que a concorrência não faz e deixar o cliente com a sensação de “UAU”! São detalhes, mimos e estratégias que fazem o cliente sentir aquela como uma experiência diferenciada, a qual ele se sente bem e quer repetir.

Você já foi atendido por algum outro profissional autônomo que te deixou com a sensação de ser “diferente dos demais” ao fim do encontro? Que ele é mais atencioso, que o escritório dele é mais bonito, as recepcionistas são mais simpáticas, que além do cafezinho tradicional tem cappuccino, que existe uma música de fundo agradável, que as formas de pagamento são acessíveis, etc?

É sabendo gerar valor agregado que você irá ser mais recomendado, fidelizar o cliente e ainda poder cobrar valores elevados. Pagar “bem” por um serviço qualificado é justo. Pagar caro por um serviço ruim é insultante,. Já pagar pouco por um bom serviço é raro.

Existe uma infinidade de formas de gerar valor agregado. Basta você procurar entender quem é o seu público, usar sua criatividade e contextualizar para a sua realidade.

Quem não tem agenda vira agenda dos outros

Vejo isso como um problema recorrente entre profissionais autônomos. O profissional não estabelece compromissos com ele mesmo. Isso possibilita que seus clientes “abusem” da sua boa vontade e baguncem sua agenda.

As demandas do cliente passam sempre na frente das do profissional, exigindo que este “se vire nos 30” para atendê-los. Percebo que nessa problemática impera a mentalidade de que o cliente está fazendo um favor sendo seu cliente. Que você deve carregar água na peneira para ele senão ele o trocará pela concorrência. Acredito que se “trabalhar é resolver o problema de alguém”, então o prestador de serviço não está “pegando o boi” de ter o cliente, e sim o contrário (caso você o faça de forma qualificada).

A minha sugestão é: respeite-se primeiro e em seguida o cliente. Só assim ele irá respeitar você e sua agenda. Vamos agora a próxima dicas de alto rendimento para profissionais autônomos:

Deixe bem claro suas regras de trabalho

Isso vale tanto para você próprio quanto para seu cliente. Crie um manual de regras e condições gerais do seu trabalho. Deixe tudo bem explícito e claro para evitar maus entendimentos futuros (as desculpas do “eu não sabia” ou tentativas de aplicar o jeitinho brasileiro).

É interessante para que os clientes entendam quais são seus direitos e deveres, que ali não é a “casa da mãe Joana”. Em qualquer atuação profissional, bem como qualquer esporte ou jogo, é importante que os participantes entendam quais são as regras para o bom funcionamento, não é?

Outro grande benefício é para que você mantenha sua integridade perante ao mercado, mostrando que existe uma normativa de conduta e que ela se aplica a todos Isso extingue a possibilidade de algum cliente ser favorecido em detrimento de outro.

Como diz o Arnaldo (comentarista de árbitro de futebol), “a regra é clara”!

Seja um bom vendedor

Ter o melhor produto da cidade é o suficiente para ter sucesso?

Você percebe que se você não fizer o cliente entrar na sua loja e provar do seu produto, dificilmente as pessoas saberão do seu negócio e, por consequência, suas vendas podem ser baixas?

Muitos profissionais autônomos têm ótimas qualificações técnicas e produtos excelentes, mas não sabem se promover. Não sabem se vender. Aprender a vender seu produto e atrair clientes chega a ser mais eficiente do que, de fato, ter um produto nota 10.

Como está o seu poder de convencimento? Você sabe contornar uma objeção? Você está utilizando a tecnologia e o mundo digital a seu favor?

Seja ousado e vá se vender! Quem não se vende não toma “não”, mas dificilmente recebe um “sim” também. Faz sentido para você?

Perceba que essas 5 dicas de alto rendimento para profissionais autônomos estão totalmente interligadas e dependem apenas de você para serem implementadas.

Se tiver ficado alguma dúvida ou se você ainda não sabe como aplicar essas dicas em sua prática profissional, tudo bem, vem comigo! Me mande um e-mail e vamos conversar numa sessão individual sobre como alavancar sua carreira!

EBOOK: O GUIA PARA SEU TRABALHO VALER AINDA MAIS

Comentários

Comentário