Estratégia de Direcionamento: Faça seu público se sentir mais atraído
usuario

Publicado por Jota

Estratégia de Direcionamento: Faça seu público se sentir mais atraído


Ganhar dinheiro se resume a resolver o problema de alguém. Quanto melhor e de quantas pessoas mais, mais dinheiro você terá competência para arrecadar. Certamente, se você já acompanha meus artigos, já me ouviu falando sobre estratégia de direcionamento, não é? O que quero evidenciar hoje é como utilizar essa linha de pensamento para as suas publicações (blog, Youtube, Instagram etc) e atrair ainda mais o seu público.

No que consiste a estratégia de direcionamento?

O primeiro passo é identificar em qual categoria de oferta está o seu conteúdo. Certamente irá se enquadrar em um dos três a seguir: informação, análise ou direcionamento.

A categoria “informação” consiste em evidenciar conhecimentos crus para os seus espectadores. Você publica e espera que tenha uma absorção satisfatória. Nessa categoria você torcerá para que o consumidor do seu conteúdo seja capaz de tomar boas decisões por conta própria, sendo uma delas a possibilidade de lhe contratar. É fundamental que o espectador tenha um bom nível crítico e propensão a agir ao invés de somente refletir.

Na próxima categoria, a de “análise”, você já mastiga mais a informação e cria parâmetros de avaliação e comparação para o espectador enfim tomar uma decisão mais embasada. Você cria alicerces para uma escolha mais sólida.

No último degrau temos a categoria do “direcionamento”, na qual você, com convicção, vai dizer o que seu espectador deve fazer. É importante que você já tenha um bom posicionamento e autoridade para gerar credibilidade. Para obter sucesso na sua estratégia de direcionamento seu consumidor não precisa nem pensar demais, pois você já fez isso por ele e ele está praticamente pronto para agir.

Beleza, se encontrou em qual categoria? E por que é importante você saber disso?

Os profissionais que estão na categoria de direcionamento tendem a atrair mais atenção e a ganhar mais dinheiro do que aqueles que simplesmente lançam a informação crua na rede.

As pessoas que tem problemas estão ávidas por resolvê-los, concorda? E quanto maior for o problema, mais desesperada essas pessoas estarão e mais elas toparão investir (e até pagar mais) na solução. Se o seu conteúdo for mais “faça isso” e menos “reflita”, mais pessoas irão se interessar, pois eliminará a necessidade do cliente de resolver por si só. Essa é a essência da Estratégia de Direcionamento.

Vamos ao exemplo

Para exemplificar, vamos imaginar que você esteja iniciando sua jornada em investimentos financeiros. Um consultor financeiro produz conteúdos que lhe informam o que é um título do tesouro, renda fixa, CDB, CDI, debêntures etc (informação). Um segundo profissional lhe diz que, para o momento econômico atual, investimentos no fundo X podem ser melhores que no fundo Y e que o seu perfil de investimento se mostra mais conservador (análise). Um terceiro consultor lhe orienta no que fazer para conseguir poupar dinheiro e quitar dívidas, te disponibiliza e ensina como usar uma planilha de controle e ainda lhe diz para investir no fundo Z, pois este lhe proporcionará maior rendimento (direcionamento). Qual desses profissionais resolve seu problema de forma melhor ou mais rápida? Qual você acha que cobra mais caro?

No mundo de muitas informações e cabeça constantemente ocupada, profissionais que criam atalhos e facilitam a resolução de problemas sem que você tenha que se tornar um expert no assunto, se tornam mais visados.

EBOOK: O GUIA PARA SEU TRABALHO VALER AINDA MAIS

Comentários

Comentário