Faça o básico e ganhe a confiança dos seus clientes
usuario

Publicado por Jota

Faça o básico e ganhe a confiança dos seus clientes


Você gosta de pessoas que não são confiáveis? Pessoas que não cumprem com o que elas prometem ou dizem? Acho que a resposta é fácil: não! Pois é, eu também não. Infelizmente recentemente tenho me surpreendido (negativamente) bastante com muitas pessoas, no caso prestadores de serviços.

Há umas semanas atrás acionei dois corretores imobiliários para me atenderem a respeito de uma demanda pessoal. Ambos foram bastante gentis e educados no telefone. Me fizeram algumas perguntas, me ouviram atentamente e disseram ter em seus catálogos imóveis que iriam me agradar. Os dois corretores me afirmaram a mesma coisa: “vou fazer um levantamento de todos imóveis e amanhã até tal hora, sem falta, te envio todas as informações”. Até aí tudo bem.

O problema foi que os dois não cumpriram o que haviam me prometido! Ambos não me enviaram os dados até o prazo combinado! Passadas mais 24 horas, novamente entrei em contato e cobrei um posicionamento dos corretores. Me pediram mil desculpas, justificaram a razão do erro (vai lá saber se era verdade) e me deram um novo prazo para enviar os dados. Até hoje não recebi.

Isso verdadeiramente me chocou

“Não é possível! Esse pessoal não quer ganhar dinheiro ou, ao contrário do que o senso comum dita, eles estão tendo tanta demanda que não estão sendo capazes de atender a todos. Ou será que são simplesmente ruins de serviço?”

Por mais que eventualmente esses dois corretores entrem em contato comigo, me enviem as informações requeridas e que eu até feche contrato através de um deles, umas coisas posso te afirmar categoricamente: minha experiência não será a mais positiva, possivelmente não os indicarei para amigos e certamente eles não terão minha confiança.

Depois desse ocorrido fiz um apanhado em minha memória de todas as vezes em que um prestador de serviço fez algo parecido e, infelizmente, notei que esse era um comportamento muito mais corriqueiro do que deveria ser. Tão corriqueiro que às vezes já até antecipamos isso e achamos o fato normal. Pense aí, quantas vezes isso aconteceu com você no último mês?

Tratando-se da vida profissional, entendo que tem poucas coisas mais irritantes do que um prazo perdido. É inconveniente, impacta negativamente no desenvolvimento do seu trabalho e potencialmente no de demais pessoas, traz prejuízo financeiro, estressa e principalmente danifica a confiança sobre quem não cumpriu com a palavra. Como confiar numa pessoa que é tida por não entregar o serviço no prazo estipulado, por não ser pontual e coisas do tipo?

Eu e você sabemos o quanto a CONFIANÇA é vital para a sobrevivência e prosperidade de um profissional liberal. Em alguns casos, para alguns profissionais, o serviço dos mesmos é tão intangível que ele vende basicamente a confiança para o novo cliente. Sem ela não existe negócio feito! Não importa o quão experiente você seja, o quanto seu serviço é bom, que suas justificativas são plausíveis etc, sem confiança não rola!

Então, amigo leitor, meu recado é simples: não arranhe a confiança que o prospecto deposita em você quando se torna seu mais novo cliente!

Para deixar sua credibilidade incólume é simples: cumpra com sua palavra. Se você disser que vai fazer tal coisa, faça. Se disser que vai ligar para fulano amanhã em tal horário, coloque na agenda, use um alarme e ligue. Se perceber que o prazo planejado ficou muito curto, ligue com antecedência para o cliente e comunique antes que ele precise lhe cobrar.

Se você não tiver certeza do prazo para dar ao cliente, jogue seguro e use uma margem de erro. É muito melhor você entregar um bom serviço com uns dias ou horas a mais do que ter que pedir desculpas.

Parece tão simples quanto contar de 1 a 10, né? Mas por incrível que pareça não é assim que tem funcionado no mercado. Ter comprometimento com a palavra deveria ser algo tão óbvio que eu nem deveria estar escrevendo sobre isso. Não honrar a palavra e falhar com esse tipo de compromisso se tornou algo tão comum que facilmente perdoamos quando acontece e achamos o máximo quando alguém faz exatamente o que disse que faria quando disse que faria.

Confiança vale muito! Vale preço Premium. Sacou?

Talvez você me ache antiquado ou exagerado, mas verdadeiramente acredito no peso da palavra, portanto valorizo muito a minha. Quando digo que farei algo eu faço. Se eu tiver dúvidas de que consigo entregar o proposto em determinado prazo, faço questão de deixar claro e não faço promessas vazias.

Sendo assim meus clientes sabem o que esperar de mim e confiam em mim. Bem como meus amigos e familiares. A confiança é estabelecida em pequenos gestos corriqueiros. Não é necessário que você vença um mega desafio para ser confiável, basta ser coerente e consistente.

Ah, e vou te dar mais uma dica: se você é daqueles que fala que vai no Happy Hour com os amigos e fura, que diz que vai tentar ir no aniversário de fulano e não comparece, que disse que levaria o cachorro para passear mas esqueceu ou sei lá mais o que, PARE COM ISSO IMEDIATAMENTE! Só prometa o que você pode e vai cumprir! Caso contrário seja sincero e jogue limpo para não ter que pedir desculpas.

 

Leia também: Garantia no serviço e Como gerar valor agregado.

Comentários

Comentário